quarta-feira, 21 de julho de 2010

Cazuza: Só as mães são felizes -Lucinha Araujo




Você certamente conhece, ou alguma vez já ouviu falar em Cazuza.Mas tanto no filme quanto nas ruas, o que você vê ou ouve falar, são relatos um tanto impessoais sobre a vida do cantor.Se você pedisse para alguém fazer uma biografia da tua vida, existiria alguém mais indicado(a) a esse trabalho do que tua mãe?Que te conhece desde a primeira batida do teu coração, que sentiu teus primeiros movimentos...
Pois é,certamente quando o assunto é Cazuza,ninguém melhor do que a própria mãe, Lucinha Araujo para contar a intensa história de final trágico do filho.
Durante a leitura, me peguei muitas vezes 'brava' com Cazuza, pela forma com que ele as vezes tratava sua mãe, ele era sem dúvidas um garoto mimado, e a mãe não esconde isso noi livro, mas em compensação ela retrata com os mínimos detalhes como o filho se mostrava excessivamente carinhoso com ela, em certas declarações dele cheguei a ficar com lágrimas nos olhos, e nas dela para ele, chorei...
A vida do 'poeta urbano' é contada desde suas origens, desde quando seus pais se conheceram, passa contando de sua infância, de sua adolescência, da carreira no Barão Vermelho, da carreira solo, da doença...E é bem legal ver que a doença não tem um peso maior do que os outros assuntos, como se vê por aí na mídia.As internações dele, os dramas de um soropositivo são contados sim, mas sem fazer do livro, um drama mexicano.
A intensidade, o talento e a genialidade de Agenor(pois é, se você não sabia, Cazuza se chamava Agenor)são expostas com uma sensibilidade que poucas vezes eu vi.E ao ver que uma pessoa assim,'acabou' com seu futuro, por irresponsabilidade, nos leva a uma reflexão e conscientização..
Além de contar toda a história, a mãe ainda aproveita para mostrar um pouco do trabalho na Sociedade Viva Cazuza, um trabalho incrível que merece mais lugar na mídia..
Sem dúvida vale a pena conferir!
Beijão =)

9 comentários:

  1. Este é sim um grande livro para conhecer o grande Cazuza, espero q nunca se esqueçam de sua obra. Uma lição para muito adolescente colorido de nossa época.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Não li, mas deve ser delicioso.
    O mais importante é, com certeza, a Sociedade Viva Cazuza.
    Parabéns pelo blog!!
    Ah, vou te seguir!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Cazuza foi, e ainda é um dos meus favoritos,
    com certeza o livro será ÓTIMO *-*

    ResponderExcluir
  4. Cazuza era intenso em tudo, era emoção pura!!!

    Viva Cazuza!

    abraço,
    www.todososouvidos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Qualquer obra que fale desse gênio da música, devemos parar e dar valor, pois ele marcou um importante momento no brasil
    http://blogsentala.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. O livro realmente é muito bom! Um dos melhores que ja li.
    Parabéns pelo blog!
    beeijos

    ResponderExcluir
  7. cazuza tem uma obra grande e talentosa, deixou sua mara por onde passou cantou e encantou o mundo o nosso Brasil com uma sencibilidade brasileira sem igual. Ainda não me surgiu a oportunidade de ler a essa magnifica obra, mas me fica a dica sim, concerteza vou correr atras, valeu.

    ResponderExcluir
  8. Hoje postei sobre AIDS no meu Blog, acho que você se interessaria.

    Maravilhoso o Cazuza, sem comentários.

    ResponderExcluir